tendencias-marketing-varejo-convergência-de-mídias

Convergência de mídias e o Marketing de Varejo

Convergência de mídias se tornou a principal aliada do varejo 

Vivemos em uma era na qual já se tornou impossível ignorar a invasão digital em todos os setores do mercado. Isso significa que temos duas alternativas para lidar com este cenário: ou vemos o online como principal concorrente do offline, ou unimos os dois para alcançarmos resultados ainda melhores. Obviamente a convergência é a mais indicada, principalmente quando o assunto é varejo.  

Novo perfil de consumidor 

Pensando no comportamento dos novos consumidores, eles são resultado da convergência entre esses dois mundos, mais conhecidos como “consumidor centauro”, pois não se definem como e-consumer nem como traditional shoppers.  

Eles ainda preferem vivenciar a experiência de compra no PDV, ainda mais quando aliada à facilidade e agilidade da tecnologia.  

É aí que entra a convergência de mídias.  

Um grande exemplo é a Amazon, que está prestes a se tornar a empresa com maior valor de mercado do mundo. A gigante do e-commerce abriu uma loja física para proporcionar uma nova experiência de compra aos seus consumidores. 

Segundo o NRF Retail’s Big Show 2018, a principal preocupação do shopper, hoje, é com a economia de tempo, e isso tende a aumentar. As gerações que estão chegando são seus futuros consumidores, já pensou nisso? 

Eles já nascem com a urgência da internet, que traz tudo que necessitam, a hora que necessitam. São filhos da efemeridade, insaciáveis, impacientes e curiosos! Por isso, proporcionar uma compra que economize tempo e agilize o processo, sem perder a experiência, é o grande diferencial. Para isso, o OmniChannel é uma ótima alternativa, que vem crescendo a cada ano! 

OMNICHANNEL 

Principal e já conhecido, o OmniChannel não é novidade para ninguém! Ele passou de um diferencial para uma obrigatoriedade. Mesmo existindo há tempos, o que destaca o OmniChannel de um varejo para outro é a maneira como ele é explorado. É possível usar dados do CRM para impactar o público-alvo com campanhas personalizadas e mais certeiras; agilizar o processo de compra; permitir a rapidez da compra online com a experiência física no PDV, entre outros. 

Segundo uma pesquisa global para compreender como será o OmniChannel em 10 anos, realizada pela empresa de pesquisa e tecnologia, Zebra, 78% das empresas conseguirão entregar os produtos em até duas horas em 2028 e 86% pretendem implementar um e-commerce com retirada de produtos no PDV até 2019! 

Os resultados mostram, também, que 70% dos varejistas acreditam que os PDVs, cada vez mais, se transformação em centros de recebimento e estoque de produtos. 

Cada vez mais o varejo está se esforçando para tornar o PDV parecido com o universo online e vice-versa, sem perder suas respectivas peculiaridades, pensando sempre em atender a urgência que faz parte do DNA do varejo, em ambos os universos! 

E você? O que está fazendo para aproveitar o melhor dos dois mundos e criar um outro completamente novo e atrativo para seus consumidores? ?  


marketing sazonal_varejo_datas comemorativas _ planejamento

Marketing Sazonal: planejando campanhas de sucesso

Agora que a Copa do Mundo acabou, é preciso continuar investindo em Marketing Sazonal e se programar para as próximas datas comemorativas, importantíssimas para o varejo! 

Mas como? Antes de começar, é fundamental que você tenha em mente o que é este conceito.  

Marketing Sazonal diz respeito às vendas que variam de acordo com determinadas épocas do ano. A sazonalidade pode e deve ser muito bem explorada em datas comemorativas, para que seu varejo faça ações que ajudem a alavancar as vendas nestas datas em específico.  

Para que seja uma estratégia eficiente, é preciso de um planejamento muito bem estruturado, olha só: 

Escolha as datas e comece o planejamento com antecedência 

Primeiro, liste todas as datas comemorativas que conversam com seu público-alvo e são grandes oportunidades para seu varejo, levando em consideração as principais para o setor, que, no segundo semestre, são: 

  • Agosto – Dia dos Pais 
  • Outubro – Dia das Crianças  
  • Novembro – Black Friday  
  • Dezembro – Natal e Ano Novo 

Depois disso, comece a planejar cada ação com antecedência! Para que seu público seja impactado, leva tempo, então crie estratégias para chamar a atenção do shopper e deixá-lo em alerta sobre o que está por vir. Promoções, descontos especiais, seja a ação que for, crie um planejamento para isso!  

Além disso, é importante ter uma meta muito bem definida! Qual seu objetivo? Aumentar vendas? Engajamento? Liquidar o estoque? Um foco bem definido ajuda a ter ações mais estruturadas e a mensurar o resultado com mais precisão. 

Defina uma mensagem para cada campanha 

Como em qualquer campanha, no Marketing Sazonal não pode ser diferente. É preciso definir qual mensagem você quer passar, quais sentimentos quer despertar no shopper, e, principalmente, como fará isso de acordo com os interesses do seu público-alvo e da sua campanha! 

Faça um cronograma completo 

O ideal ao planejar uma ação é sempre fazer o cronograma do fim para o começo. Por exemplo, a Black Friday cai no dia 23 de novembro, portanto, X dias antes é preciso que tal ação esteja pronta, para isso, X meses antes, é preciso fazer tal coisa, e assim por diante...  

Dessa forma, você consegue estabelecer os prazos e determinar as ações com precisão! 

Levante os recursos e busque parceiros 

Agora com os objetivos e datas estabelecidos, está na hora de levantar todos os recursos necessários para colocar a estratégia em prática, como mão-de-obra, estoque, ações no PDV, design do site e etc... 

É uma boa hora para procurar parcerias que, além de enriquecer a campanha e passar credibilidade, todos os lados saem ganhando!  

Não tenha medo de mudar 

Se algo planejado no início não está dando certo, não tenha medo de mudar o plano original e se adaptar (dentro do possível) para que não interfira por completo! ?  

Ler também 

Spaço: a única agência especializada em varejo 

Investimento em marketing de varejo vale a pena? 

Campanha de marketing de varejo: caracterizando o sucesso 


spaco-como-funciona-agencia-de-publicidade-especializada-em-varejo

Agência de publicidade especializada em varejo: como funciona?

Saiba como funciona uma agência de publicidade especializada em varejo e como ela pode ajudar seu negócio. 

Antes de iniciar qualquer campanha de marketing, é imprescindível que a equipe saiba como funciona uma agência de publicidade. Isso porque, embora você tenha contato com essa área, entender este funcionamento pode facilitar seu trabalho em conjunto e ajudar a criar estratégias mais específicas e eficientes para o varejo.  

Uma agência de publicidade especializada em varejo tem um tipo de organização muito particular e específico. Isso porque, para elaborar todas as estratégias e produzir os materiais com a agilidade que este mercado exige, uma agência precisa ser organizada e coordenar todo o fluxo de processo criativo. Assim, o material passa por diversas pessoas, processos e departamentos até chegar ao cliente – dentro do prazo.  

Por isso, vou te apresentar a seguir, de forma bem resumida, a estrutura de departamentos para que você entenda como funciona uma agência de publicidade especializada em varejo e tenha mais tranquilidade quando forem contratar os serviços de uma. Veja só:  

Atendimento  

O departamento de atendimento é o responsável pelo contato do cliente com a agência. Ele faz o intermédio entre todos os tipos de serviços solicitados pelo cliente, como demandas, briefings, alterações e aprovações.   

Através deste departamento, o cliente fará todo o contato e será atendido quando precisar. Embora possam existir outros pontos de contato, é imprescindível, tanto para controle do cliente quanto da agência, que eles se concentrem no atendimento, de forma a manter tudo registrado e organizado.  

Planejamento  

Depois de passados briefing e demandas através do atendimento, é a hora do departamento de planejamento começar a trabalhar. Ele definirá os tipos de campanha, posicionamento, objetivos, personas e estratégias que serão adotadas pelas campanhas e produtos que serão desenvolvidos pela agência.   

Para que o trabalho do planejamento seja feito, podem ser necessárias reuniões de alinhamento. Dessa forma, ele consegue extrair do cliente tudo aquilo que deseja e também entender melhor quem é a marca e em qual mídia vale mais a pena investir, por exemplo.   

As estratégias podem ser aprovadas pelo cliente previamente para, só então, passarem para os demais departamentos e começarem a ser executados.  

 

 

Redação  

A área de redação é responsável pelo conteúdo das campanhas. Após o planejamento definir toda a estratégia que será seguida pela campanha, cabe à redação redigir os textos necessários. Este departamento trabalha lado a lado com a criação, já que muitas vezes texto e imagem precisam ser desenvolvidos juntos para que conversem entre si em perfeita harmonia na campanha.  

Além disso, essa área também pode ser responsável pela revisão de textos e peças publicitárias antes de envio para o cliente e também antes da veiculação ou impressão.  

Criação  

A criação é responsável pelo desenvolvimento da parte gráfica e visual da campanha. Dessa forma, esse departamento faz toda as partes relacionadas à imagem e layout das peças, sejam elas de qualquer tipo.  

Esse é um departamento que exige bastante criatividade e inovação e, portanto, profissionais com bagagem e experiência. Isso porque, a parte visual, pode ser determinante para o sucesso de uma campanha, já que muitas vezes é o que atrai primeiramente o olhar do shopper 

Mídias  

Depois de definidas as estratégias e produzidas todas as peças, é hora de divulgá-las. Para isso, uma agência de publicidade normalmente conta com um profissional de mídia. Ele será o responsável por fazer o contato com os veículos de mídia e estudar a melhor estratégia de divulgação e que tenha o melhor custo-benefício.  

O principal diferencial de uma agência especializada é a compreensão de que, no varejo, as metas são muito mais agressivas, o tempo de execução é sempre menor - já que as campanhas são de curto prazo – e o foco é maior nas vendas, de um modo geral. Tendo isso em mente, o trabalho fica direcionado para ações de maneira mais rápida e focada na necessidade do mercado e do cliente, aumentando as chances de obter resultados mais efetivos.  

Ler também  

Spaço: a história da única agência especializada em varejo  

Investimento em marketing de varejo: vale a pena? 


varejo visual merchandising

Por que investir em visual merchandising

Você sabia que 70% das decisões de aquisição são tomadas apenas no ambiente de compra?

Por isso o investimento em visual merchandising é tão importante! É através dele que você vai atrair o olhar do consumidor e fazê-lo se interessar pelo seu produto! Confira alguns pontos importantes do visual merchandising:

:small_blue_diamond: Espaços estratégicos: colocar produtos que são vendidos com mais facilidade nas zonas menos visitadas para incentivar o cliente a caminhar por todo o ponto de venda. Já os produtos mais difíceis de vender, devem ser colocados nas zonas mais visitadas para aumentar a visibilidade;

:small_blue_diamond: Prateleiras: é indicado colocar os produtos de maior valor agregado e maior margem de lucro na altura dos olhos, já nos pontos acima e abaixo dessa altura, é mais estratégico colocar produtos pouco procurados e com menor margem;

:small_blue_diamond: Cores: quando se trata da exposição dos produtos e harmonização do ponto de venda, as cores são os principais elementos que criam impacto no cliente. O estudo das cores pode ajudar muito para entender qual efeito que cada uma delas tem sobre as pessoas;

:small_blue_diamond: Iluminação: ela serve para destacar produtos, valorizar pontos específicos da loja, realçando cores, texturas e a forma como os produtos são expostos.

Utilize o visual merchandising a favor do seu varejo e aumente suas vendas transformando visitantes em clientes!  :wink:


spaço-crescimento-2017

Crise longe da Spaço e o crescimento de 30% em 2017

O problema 

Se a situação do Brasil fosse resumida em uma palavra, esta seria: crise. Em dois anos seguidos, o Brasil fechou mais empresas do que abriu, segundo o IBGE. Entraram 708,6 mil empresas novas no mercado, mas, por outro lado, 713,6 fecharam. Isso mostra que 2017 foi um ano caótico em que as empresas precisavam encontrar alternativas para se manterem no mercado, caso contrário fechariam. 

crise-crescimento-spaço-comunicação

A solução 

Foi isso que a Spaço fez e, ao contrário do que mostraram os dados, a agência não só se manteve aberta como cresceu 30% do faturamento! Mas como? 

Como havia um objetivo a ser alcançado, foi criado um planejamento de metas de vendas para clientes atuais para aumentar o ticket médio e prospecção de novos clientes.  

crise-crescimento-spaço-comunicação

O resultado 

A meta era um crescimento de 15%, mas após o acompanhamento feito mês a mês, vimos que o resultado foi o dobro do esperado.  

Planos para 2018  

Depois que o desafio foi aceito e superado, o crescimento ainda está nos nossos planos para este ano, com uma meta bem agressiva de 40% para 2018. 

Em momento de crise, geralmente o primeiro setor a ser afetado é o marketing, que sofre redução de budget, pois nem todas as empresas percebem como ele é importante! Isso não acontece na Spaço, afinal, uma agência de comunicação entende como o marketing é fundamental, por isso nosso planejamento inclui, agora, um investindo em marketing em duas frentes: campanhas offline e Inbound Marketing.  

Mesmo com o avanço cada vez mais rápido da tecnologia, acreditamos que a mídia offline não morreu e continua sendo uma ferramenta valiosa para nossos clientes, só é preciso planejamento, criatividade e capacitação para que sejam feitas campanhas de sucesso.  

Além do setor de marketing, fizemos uma reestruturação no nosso departamento comercial e desenhamos uma nova estratégia de vendas para conseguirmos os clientes ideais, que serão cruciais para batermos a meta este ano, ou até dobrar de novo, quem sabe? 

crise-crescimento-spaço-comunicação

Na prática 

Tudo é possível com planejamento, dedicação, investimento e muito trabalho! Feche parcerias, pesquise quais as novidades do mercado, entenda o que os concorrentes estão fazendo e lute para manter o setor de marketing em ação, porque só assim será possível reverter os dados do e fazer as empresas ficarem no positivo nos próximos anos! ?  

Leia também:

Como fazer um bom planejamento

Spaço: a única agência especializada em varejo

 


aplicativos de controle financeiro

4 aplicativos de controle financeiro

Quer melhorar o controle financeiro dentro da empresa? Aqui estão alguns aplicativos que podem te ajudar:

  1. Guia Bolso: ele sincroniza, gratuitamente, sua conta corrente e todos seus lançamentos. Ele permite que você estabeleça metas e te ajuda a alcançá-las, falando quanto tempo e dinheiro faltam para chegar lá.Disponível em: Android e iOS
  2. Mobills: é possível definir objetivos, acompanhar suas finanças através de gráficos, cadastrar um cartão de crédito e visualizar suas movimentações, mas com alguns limites na versão básica.Disponível em: Android e iOS
  3. Finanças Pessoais: na versão básica é possível cadastrar até duas contas e se organizar em categorias. É possível acompanhar as despesas através de gráficos e os lançamentos são separados de acordo com importância e peso no orçamento.Disponível em: Android
  4. Minhas Finanças: ele mostra fluxo de caixa, evolução das despesas, receitas, transferências e saldo. Também é categorizado e você pode consultar os gastos por dia da semana, dias úteis, fins de semana e etc.Disponível em: Android

Pronto para começar 2018 com as finanças organizadas?


spaco-historia-unica-agencia-especializada-em-varejo

Spaço: a única agência especializada em varejo

Há 30 anos, nascia um sonho: a Spaço. 

A história da Spaço começou em 1987, quando nosso fundador, Silvio Bigon, desenvolveu um estudo de mercado e identificou uma grande demanda de publicidade em Campinas. Com poucas ofertas, a cidade precisava de uma agência estruturada para atender os grandes clientes. Assim, o então administrador, seguiu seu sonho e inaugurou o que mais tarde seria uma das agências mais tradicionais da cidade e, futuramente, a única agência especializada em varejo.   

A Spaço surgiu em um momento em que a internet e as mídias digitais não tinham o poder e influência que existem hoje. Por isso, a agência se consolidou com a mídia offline e, com o passar do tempo, acompanhou as tendências e inovações, também integrando ações com o online quando necessário.  

Sonho virando realidade  

Ao longo de tantos anos, a Spaço teve diversos grandes clientes no portfólio. Um dos primeiros, no início da década de 1990, foi a Broto Legal que, na época, se dedicava somente ao feijão. Esta conta foi um divisor de águas para a agência, já que gerou muita visibilidade no mercado e abriu caminho para a chegada de outras marcas de grande porte.   

A Broto Legal representava uma inovação no mercado, com diversos diferenciais em relação aos concorrentes. Na época, a Spaço desenvolveu um concurso em que o público enviava receitas para a marca e as ganhadoras recebiam prêmios. Esses prêmios eram entregues pessoalmente e, toda essa estratégia (na época sem o acesso digital de hoje), contou com o apoio e o trabalho das equipes de trade, força de vendas e o próprio consumidor final.    

Como citado acima, um dos grandes cases de sucesso da Spaço é a Broto Legal, que teve uma enorme repercussão e aceitação no mercado. Além dessa, foi desenvolvida uma estratégia para as embalagens do Café Canecão e campanhas institucionais do supermercado Good Bom.  

Podemos citar, ainda, outras marcas, como: a cerveja Krill, que teve ações realizadas e divulgadas em todo o território nacional; o Colégio Oficina do Estudante, no qual a Spaço criou o slogan para a empresa; campanhas para as cestas de Natal ALCAMP, com a participação do jogador de basquete Oscar, e ainda o Covabra, que teve inclusive uma campanha desenvolvida pela Spaço com a presença de Chitãozinho e Xororó.    

 

Agência especializada em varejo  

O grande número de clientes, principalmente os de varejo, ajudou no fortalecimento da nossa expertise no segmento, nos permitindo oferecer os diferenciais que o mercado exige, como: agilidade, organização interna, qualidade, cumprimento de prazos, planejamento focado nas metas agressivas do varejo e uma equipe de criação especializada, com foco em vendas.  

Hoje a Spaço Comunicação se transformou em Spaço, a única agência de publicidade especializada em varejo da região.  

Ler também

Agência de Publicidade especializada em varejo: como funciona?

 


investimento-em-marketing-de-varejo-vale-a-pena

Investimento em marketing de varejo vale a pena?

Investimento em marketing de varejo compensa muito para empresas que querem crescer, consolidar e destacar-se no mercado.  

Ao programar os custos para um ano, qualquer líder de empresa pode se perguntar: investimento em marketing vale a pena? Ou até que ponto é válido investir em determinada situação? Infelizmente, o marketing ainda é um dos primeiros a sofrer com cortes em momentos de reajustes no orçamento.   

Isso acontece, principalmente, porque os profissionais muitas vezes têm dificuldades em provar que investimento em marketing vale a pena. Como isso pode ser feito, então? Será que para qualquer empresa é importante investir no setor?   

É possível responder a essa pergunta de forma simples. No mundo todo, temos diversas empresas globais e que possuem produtos mundialmente conhecidos. Esses produtos são chamados no marketing de “vaca leiteira”, porque conseguem ser vendidos em grandes quantidades sem esforços da marca, pois eles já caíram no gosto do público.   

No entanto, você pode observar que até mesmo esses produtos e essas marcas investem em marketing. Sabe por quê? O investimento traz benefícios a curto e longo prazo, que vão muito além da simples venda de um produto/serviço.   

#O que uma empresa pode ganhar com investimento em marketing?   

O investimento pode trazer retornos inestimáveis para a empresa, como:   

Visibilidade   

Se a empresa não investe em marketing, ela não será vista pelas pessoas. Mesmo com um ótimo produto, se a empresa não tiver visibilidade, ninguém saberá o que ela está oferecendo ou mesmo que ela existe.   

Por isso, um dos benefícios de se investir em marketing continuamente, é tornar a marca visível para o público. Com a grande variedade de ofertas e marcas, sua empresa pode passar despercebida pelo consumidor se não tiver uma comunicação eficiente e de destaque.   

Lembrança   

Hoje em dia, as pessoas estão expostas a diversos tipos de comunicação durante todo o tempo. Em casa, na rua, no trabalho, ao passear, ao estudar ou em diversos outros lugares. Mas isso não quer dizer que elas não possam ser impactadas pela sua marca e guardar na memória o nome, o produto ou o visual da sua empresa.   

Imagine uma pessoa que passa pela loja e bate o olho na fachada e vitrine. No momento, ela pode não estar interessada no seu produto e simplesmente passar reto. No entanto, enquanto conversa com um amigo, ela pode lembrar da sua marca e sugerir ao amigo, dizendo que lembra de ter visto tal produto oferecido na vitrine da sua empresa.   

Essa “lembrança” de marca nem sempre é fácil de ser conquistada, mas é muito eficaz na atração e fidelização de clientes. Ela depende, principalmente, de investimento em comunicação e propagandas, que são feitos para impactar o público da maneira correta.   

Credibilidade   

Ainda hoje, a mídia offline e a propaganda em geral, tem grande influência e poder de atingir o público em massa, principalmente no PDV. Por isso, é a mídia que mais recebe investimentos, mesmo com a grande concorrência da internet. No entanto, mais do que ganhar visibilidade e conversar com a grande parte do público, esse tipo de mídia oferece outro benefício para as empresas: a credibilidade.   

Como grandes veículos de mídia estabelecidos há muito tempo, esse tipo de mídia é visto com grande credibilidade por parte da maioria da população. Por isso, as empresas que investem nisso ficam com uma imagem de negócio estruturado, experiente e de líder de mercado. Isso pode ser muito positivo para sua empresa em termos de posicionamento e diferenciais em relação à concorrência.   

E você, está investindo em marketing de varejo?   

Ler também 

Campanha de marketing de varejo: caracterizando o sucesso 

Marketing de varejo: 5 cuidados ao investir  

 


house-agencia-publicidade-varejo

House e agência: como poupar trabalho

Uma agência pode poupar trabalho da house ao agilizar diversos processos de marketing para a empresa e equipe

Você pode até não acreditar, mas ao pensar em investir em marketing, uma agência pode poupar trabalho das empresas. Sabe como? Toda campanha relacionada à publicidade precisa de um planejamento estratégico e bem pensado. Nesse quesito, uma agência de publicidade pode agilizar diversos processos e ajudar o negócio a poupar trabalho – e, consequentemente, dinheiro. Isso porque ela já tem uma equipe preparada para atender e olhar para todas as etapas de um processo da área.  

Mas como exatamente uma agência pode poupar o trabalho e somar resultados com a ''house''? De forma bem simples, uma agência possui uma organização específica para organizar todo o fluxo de trabalho, desde briefing até criação. Mesmo tendo um departamento de marketing próprio, dificilmente a empresa terá toda a estrutura de uma agência e, por isso, deve contar com o apoio das agências. Aliás, o setor de marketing de uma empresa é o maior aliado de uma agência de qualidade. Eles trabalham juntos para que o resultado seja alcançado (cada um com as suas responsabilidades e especialidades).  

Além disso, vamos citar 4 situações em que uma agência pode poupar o trabalho interno e como elas fazem isso. Veja só: 

  • Expertise e profissionalismo 

Como já explicamos nesse post, uma agência de publicidade tem toda uma estrutura de departamentos. Isso inclui, também, diversos profissionais multidisciplinares, entre designers, publicitários, redatores, profissionais de marketing, comunicólogos, entre outros. Uma ''house'', muitas vezes, não conta com tantos profissionais e possui acúmulo de trabalho.  

Especialistas em publicidade, marketing e em desenvolver campanhas de sucesso, esses profissionais sabem o que estão fazendo e como fazer. Isso ajuda a empresa a poupar dinheiro, porque aumenta a garantia de que as estratégias darão certo. Afinal, você está lidando com profissionais com ampla expertise e know-how no mercado, que vão somar mais conhecimento ao setor interno.  

A empresa ganha, então, em qualidade das campanhas de publicidade, que serão colocadas nas mãos de uma empresa contratada para isso. 

  •  A empresa focada no próprio negócio 

Quando lidamos com qualquer outra atividade paralela, mas necessária dentro de um negócio, pode acontecer de sua empresa “perder o foco” no seu core business ou a equipe perder o foco dos seus objetivos internos. Ou seja, quando a equipe interna conta com o suporte e apoio de uma agência, a garantia de resultados e economia de tempo (e dinheiro), é muito maior.  

Por isso, uma das formas que uma agência pode poupar e somar ao trabalho da equipe interna ou ''house'', é ajudar e liderar essas atividades paralelas. Ao cuidar do marketing e das campanhas específicas, a agência “libera” a equipe para focar nas atividades estabelecidas e naquilo que ela sabe fazer de melhor. Isso pode trazer resultados positivos tanto a curto quanto a longo prazo. 

  • Análise de resultados 

Uma agência é especialista em desenvolver campanhas de marketing. Por isso, é natural que ela desenvolva também uma análise de resultados para todas as estratégias que criar, a fim de posicionar o cliente sobre os resultados que estão sendo obtidos. E a ''house'' pode gerenciar todo o trabalho da agência, que vai enviar os relatórios e métricas constantemente.  

Esse é um diferencial também porque, quando a empresa resolve fazer campanhas com agências, essa mensuração e análise de resultados é somada aos números internos e potencializa resultados. Como esses números são essenciais para avaliar a efetividade da campanha, a agência pode poupar a equipe e otimizar os resultados. 

  • Credibilidade e embasamento 

Contratar uma agência é uma forma de ganhar em credibilidade e embasamento. Credibilidade porque todas as grandes empresas trabalham com esse tipo de serviço, afinal ele precisa de ferramentas e equipes qualificada. Uma ''house'' que trabalha em sinergia com uma ou algumas agências, entrega muito mais resultados.  

Embasamento porque, ao oferecer um serviço como este, a agência necessita de um embasamento teórico e estratégico para que todas as campanhas saiam conforme o cliente deseja.

Vem desenvolver e decolar com a gente. Descubra como a Spaço pode somar ao trabalho da House. É só acessar aqui. 


campanha-de-marketing-de-varejo-de-sucesso

Campanha de marketing de varejo: caracterizando o sucesso

Campanha de marketing de sucesso tem bom timing e segmentação.  

O que caracteriza uma campanha de marketing de varejo de sucesso? Um buzz enorme ou uma viralização? Nem sempre. Não são todas as campanhas que ganharão prêmios e serão comentadas no país inteiro. No entanto, uma campanha de marketing de varejo de sucesso tem alguns ingredientes que a fazem ser efetiva para a empresa.   

Uma campanha de sucesso precisa, primeiramente, de uma estratégia bem definida e de uma agência especializada em varejo (para apoiar e somar ao trabalho interno). Mas afinal, o que caracteriza uma campanha de sucesso e o que fazer para construir uma? Veja a seguir 5 pontos importantes:   

Timing

Um bom timing é imprescindível para uma campanha de marketing de sucesso, principalmente no varejo em que tudo é muito efêmero e exige muita agilidade a curto prazo. Isso porque, ao falar com o público em um momento oportuno, a chance de chamar a atenção dele é ainda maior. Além disso, existem também grandes chances de, no momento oportuno, o público estar mais sensibilizado, tentado ou com emoções mais à flor da pele, o que muitas vezes é essencial para que a campanha atinja seu objetivo.    

Portanto, saber o momento certo de comunicar-se com o público é o que faz uma campanha de marketing de sucesso. Escolher bem o local, criar uma conexão, um período de tempo e com alguma personalidade que está em destaque na mídia dão exemplos de boas ações.    

Uma boa história   

Hoje em dia, uma campanha de sucesso não é aquela que somente vende um produto. O storytelling chegou forte no mercado publicitário e tem sido muito efetivo para atingir e tocar o público. As pessoas gostam de ouvir histórias.     

Contar uma boa história, que emocione, conecte e toque o público, faz com que a marca seja mais reconhecida e passe também a ser vista com bons olhos. Já foi comprovado cientificamente que mensagens que mexem com o lado emocional do cérebro são mais facilmente lembradas.     

Por isso, histórias reais de clientes, luta por bandeiras de minorias e valorização de determinados públicos têm cada vez mais ganhado espaço em campanhas de marketing.    

Visibilidade 

Entre essas características está, claro, a visibilidade. Uma campanha de marketing de sucesso é aquela que é vista pelo público. Para ter sucesso, uma campanha não precisa, necessariamente, atingir bilhões de pessoas, mas alcançar uma visibilidade que seja relevante para a marca.    

Por isso, quando falamos em alcance, um milhão pode ser muito para uma empresa, mas pouco para outra que já está consolidada no mercado. O importante nesse item é ser relevante e gerar um buzz entre o seu público-alvo.    

Bom foco 

De nada adianta uma campanha ter todos os itens anteriores, se ela não for bem direcionada. Ou seja, ela pode ter um timing perfeito, contar uma boa história e ter uma boa visibilidade, mas ela precisa principalmente ter atingido seu alvo.   

Por isso, uma campanha de marketing de varejo de sucesso precisa ter um foco preciso e uma boa segmentação, impactando e realmente interagindo com aquelas pessoas que interessam para a seu negócio.  

Um bom ROI 

O ROI, que é o Retorno Sobre o Investimento, é um dos medidores para indicar uma campanha de marketing de sucesso. Isso porque uma campanha pode ter trazido bons resultados, mas se os seus gastos foram exorbitantes, essa relação custo/benefício ficou desregulada, correto?    

O cálculo do ROI é feito a partir do Lucro do Investimento menos o Custo, divididos pelo Custo novamente (Li-C=x/C). Dessa forma, ele mede a valorização dos gastos e pode ser um importante indicador financeiro para seu departamento de marketing.    

Uma agência especializada em marketing te ajudará a seguir todos esses passos e atingir o sucesso que sua campanha precisa – e merece. ?   

 

Ler também

Spaço: a única agência especializada em varejo